fundo branco.png

Distúrbio do sono

sono.png

É comum que pessoas em recuperação de uma infecção por Covid-19 apresentem alterações no padrão de sono. Distúrbios como insônia e sono fragmentado são relatados por pacientes durante o quadro agudo e também na síndrome pós-Covid.

Durante a infecção aguda, a experiência do ambiente hospitalar com a falta de luz natural, barulho, movimentação de pessoas, e até mesmo alguns medicamentos que são utilizados poderão interferir na qualidade do sono. Mesmo que o paciente não tenha ficado no hospital, o fato de estar doente em casa com sintomas de dor no corpo, febre, tosse e falta de ar causados pela Covid são ruins e interfere na qualidade do sono.
 
Como melhorar a qualidade do sono?
 
●    Durante a noite evite cafeína, tabagismo ou bebidas alcóolicas; e não faça grandes refeições por pelo menos 2h antes de dormir;
●    Procure dormir sempre no mesmo horário em um  ambiente com pouca luz, sem barulho após uma atividade que ajude a relaxar, como uma leitura;
●    Ao deitar, elimine uso de telas como celular, televisão e computador;
●    Não se preocupe caso não consiga dormir, o estresse de se preocupar com a insônia é um dos fatores que piora a qualidade do sono;
●    Evite cochilos durante o dia;
●    Pensamentos ruins de experiências anteriores com a infecção por Covid-19 podem prejudicar o  sono. Nesse caso, é importante conversar com o  médico , pois pode ser indicado terapia cognitiva com psicólogos.

Ter um acompanhamento médico pode ser fundamental para melhorar a qualidade do sono. Em algumas situações, inclusive, o  médico poderá recomendar algum medicamento para nesse período.
 

Clique nos sintomas

Falta de ar

Tosse

Fadiga e cançaso

Alteração de memoria

Dificuldade de engolir

Sem apetite

Alteração do sono

Medo e ansiedade

Olfato e paladar