fundo branco.png

Falta de ar

falta de ar.png

Nas doenças respiratórias, como a infecção por Covid-19, é comum apresentar falta de ar durante a fase aguda. Este sintoma pode acontecer por vários motivos, principalmente, quando a infecção do vírus acomete e inflama os pulmões. Mas, além disso, o fato de passar por uma experiência ruim pode gerar medo, ansiedade ou até mesmo pânico, levando à sensação de falta de ar.
 
No dia a dia, após o período agudo de infecção pela Covid-19, a falta de ar será mais notada com a retomada das atividades diárias e poderá estar associada ansiedade e o medo da doença. Alguns dos sintomas que poderão ser notados são:

●    Ficar cansado e sentir falta de ar ao desempenhar atividades que antes eram realizadas facilmente e sem grandes esforços, como por exemplo subir e descer escadas;
●    Precisar parar mais vezes para recuperar o ar durante uma caminhada;
●    Pode ser necessário, no início da recuperação pós-Covid ter ajuda para fazer atividades leves e relativamente simples como caminhar, sentar e levantar, subir e descer escadas, mas não é necessário se preocupar com isso, pois a melhora acontecerá gradualmente.

 
Como melhorar a falta de ar?
 
●    É importante ter a percepção que o corpo ainda está debilitado e necessitando de descanso. Portanto, é importante manter o equilíbrio entre a atividade física, trabalho e os períodos de descanso;
 
●    Planeje atividades antes de realizá-las:
       - Defina o melhor horário do dia;
       - Esteja descansado;
       - Divida a atividade em tarefas ou períodos menores ao longo do dia, alternando momentos de estímulo e descanso, evitando chegar à exaustão.

●    Retome as atividades com tarefas curtas e estímulos de exercícios leves. Aumente gradativamente ao longo dos dias a frequência e intensidade dos estímulos. Respeite limites e planejamentos e não exagere.

●    Recuperar o condicionamento físico é um processo que requer disciplina e esforço e o estímulo de continuar progredindo não deve ser perdido somente devido uma atividade que trouxe cansaço. Com o passar dos dias será possível fazer mais exercícios e com menos esforço.

●    Tenha paciência para esperar evolução acontecer, pois haverá dias bons e ruins. Nos piores momentos lembre-se que o  objetivo é se recuperar e ficar melhor, mas evite comparações de antes e depois da Covid-19 ou com outras pessoas. Os pacientes  e as condições do momento são diferentes.

●    Aprenda técnicas de respiração e pratique diariamente. Se durante as atividades cotidianas a falta de ar for intensa, é indicado parar a atividade realizada, encontrar uma posição confortável, tentar relaxar a musculatura do corpo e manter a calma. Se for possível, é um bom momento para usar as técnicas de respiração aprendidas.

Essas orientações são importantes para a recuperação, entretanto, a avaliação médica e o acompanhamento com uma equipe multidisciplinar auxiliará  no máximo de benefícios e com segurança.
 

Clique nos sintomas

Falta de ar

Tosse

Fadiga e cançaso

Alteração de memoria

Dificuldade de engolir

Sem apetite

Alteração do sono

Medo e ansiedade

Olfato e paladar